Astronomia

  • by

Ao nascer e crescer no campo, longe da poluição luminosa das cidades, sempre fiquei fascinado com as milhares de estrelas sobre a minha cabeça. Mais tarde, quando ganhei uns trocos, comprei o meu primeiro telescópio (orion xt10) e fui a loucura.

Este meu companheiro de longas noites a espreitar o cosmos, permite ver planetas, galáxias, nebulosas, enxames e muito mais. No inverno até gelo se forma no telescópio, mas nada disso importa, somos muito pequenos neste imenso universo.

Mais tarde, tive a oportunidade de aceder a um telescópio que permite efectuar fotografia de longa exposição, e com o mesmo, pude tirar algumas fotos do cosmos.
Ao lado está a galáxia M101 na constelação da ursa maior.

Podem ver um dos plantas que fotografei, planeta Saturno com os seus majestosos anéis. Consegue-se ver bem as diferentes cores no planeta e a divisão nos anéis. Simplesmente de outro mundo!

Também costumo efectuar fotografias de longa exposição sem telescópio, de forma a mostrar o movimento das estrelas pelos nossos céus. Chama-se a este tipo de fotografia Star trail.